• Ligue agora: (31) 3776-5116| (31) 99741-1158

Apesar do nome ser um tanto sugestivo, a calçada de pedra portuguesa não é conhecida apenas em Portugal. Muito pelo contrário! Aqui no Brasil ela também é muito popular. Um exemplo disso são alguns dos cartões-postais de nosso país que fazem questão de ostentar essas belíssimas pedras. Um exemplo é o calçadão de Ipanema no Rio de Janeiro.

E é exatamente sobre isso que iremos falar neste post: o uso da pedra portuguesa nos principais cartões-postais do Brasil. Você ainda poderá conhecer uma série de informações relevantes sobre essa pedra. Igualmente, obter ótimas ideias para compor a calçada de pedra portuguesa da sua residência ou estabelecimento.

O que é uma calçada de Pedra Portuguesa?

Bem, antes de começar, você precisa entender do que uma calçada de pedra portuguesa se trata. Em síntese, essa obra arquitetônica é derivada da pedra portuguesa que é originária de Portugal. Essa pedra surgiu em meados do século XIX e aqui no Brasil se tornou conhecida em torno do século XX.

As primeiras calçadas eram feitas em preto e branco. Agora existem diversas cores que juntas acabam formando desenhos e mosaicos que dão um ar de requinte tanto aos ambientes internos quanto externos. Por se tratar de uma peça arquitetônica atemporal, ela foi aplicada em diversos monumentos e pavimentações famosos aqui no Brasil, confira alguns deles logo abaixo:

Cartões-postais do Brasil em calçada de Pedra Portuguesa

Um fato curioso sobre as calçadas de pedras portuguesas é que elas também marcam a influência da colonização portuguesa em algum país. Não é a toa que os principais cartões-postais do Brasil possuem traços desse tipo de arquitetura. Confira os principais:

Praia de Copacabana/RJ

Calçada de Pedra Portuguesa - Copacabana
Calçadão da Praia de Copacabana, o primeiro de pedras portuguesas no Rio de Janeiro.

Esse é com certeza um dos locais mais conhecidos pelo uso da calçada de pedra portuguesa. O calçadão de Copacabana surgiu em 1906 e a ideia do mosaico foi do então prefeito do Rio de Janeiro, Paulo de Frontin, em homenagem aos nossos colonizadores. Paulo de Frontin foi quem escolheu o desenho, conhecido como “Mar Largo”, simbolizando as ondas do mar.

O estilo curvilíneo como vemos atualmente só foi redesenhado a partir de 1970 por Burle Marx., que mudou a posição dos desenhos, deixando as ondas de pedra portuguesa paralelas às onda do mar.

Praia de Ipanema/RJ

Calçada de Pedra Portuguesa - Ipanema
Vista do Calçadão da Praia de Ipanema, um dos símbolos do Rio de Janeiro.

As calçadas de pedra portuguesa à beira-mar se tornaram um símbolo do Rio de Janeiro. Tanto que, nas próximas décadas, outros desenhos foram sendo criados em outras praias. Um das mais conhecidas é a calçada da Praia de Ipanema. O projeto paisagístico da calçada de Ipanema é do arquiteto e paisagista Renato Primavera Marinho, em comemoração aos 400 anos da cidade.

Largo de São Sebastião, Manaus/AM

Calçada de Pedra Portuguesa - Largo de São Sebastião
Largo São Sebastião que serviu de inspiração para o calçadão de Copacabana

O Largo de São Sebastião é um dos cartões postais mais queridinhos para passeios em Manaus. Abriga nada mais do que o Teatro Amazonas, a Igreja de São Sebastião e várias outras opções de lazer.

Construído em 1901, a calçada de pedra portuguesa do Largo São Sebastião inspirou um dos cartões postais mais famosos do Brasil: o calçadão da Praia de Copacabana.

Museu do Ipiranga/SP

Calçada de Pedra Portuguesa - Museu do Ipiranga (SP)

Com desenhos lindos e perfeitos, a calçada de pedra portuguesa no Museu do Ipiranga possui cores menos neutras e desenhos mais vistosos.

Praça Generoso Marques/PR

Calçada de Pedra Portuguesa em Curitiba

A Praça Generoso Marques em Curitiba, Paraná, também possui a calçada de pedra portuguesa.

Como é feita a calçada de pedra portuguesa?

Olhando parece muito complicado, mas criar um mosaico interessante na calçada de pedra portuguesa não tem segredo. Porém, para tal, deve ser manuseada por pessoas especializadas nesse tipo de construção. Somente assim você não terá perda de material e então poderá ver seu projeto em ação.

A montagem da calçada portuguesa deve ser feita de uma forma muito cuidadosa e quase que artesanalmente. Sempre tomando muito cuidado, as pedras devem ser postas uma a uma. Visto que as pedras são naturais e não podem ficar riscadas e nem manchadas. Caso contrário podem acabar aparecendo as falhas nos desenhos planejados e não fica legal.

Para o momento de assentar a calçada de pedra portuguesa, é importante ter em mente alguns itens sobre o cuidado do local escolhido. Por exemplo: a superfície deve ser plana, afinal as pedras por si já possuem um formato irregular.

Como efetuar a manutenção da calçada de pedra portuguesa?

Manter a calçada de pedra portuguesa limpa requer alguns cuidados mais específicos visto que são pedras naturais e não devem arranhadas. Também é importante entender que materiais de limpeza que contenham muita química e abrasivos não devem ser utilizados de forma alguma.

Na hora da limpeza e da manutenção o ideal é utilizar o famoso esfregão, água e sabão neutro. Dessa maneira, você não corre o risco de ter que efetuar uma reposição antes do tempo das suas pedras portuguesas. Além disso, é possível manter, com mais facilidade e por mais tempo, suas pedras perfeitamente assentadas e sem risco algum.

As pedras portuguesas ou calçadas portuguesas são muito vantajosas, não apenas pelo custo beneficio como também pelo simples fato de que a mesma tem uma durabilidade média de 30 anos. Dessa maneira, se bem cuidada e mantida de forma correta é possível manter pela média de 30 anos para mais sem precisar efetuar reposições.

Por que é um bom investimento comprar pedras portuguesas?

As pedras portuguesas decorativas, que formam a calçada de pedra portuguesa, são consideradas um excelente investimento. Não só devido ao seu custo-benefício, como também devido ao valor que ela atribui a beleza de um projeto arquitetônico, valorizando-o de uma maneira significativa.

Pode-se dizer que ao compor a calçada de pedra portuguesa em sua casa ou empresa, você está levando um pequeno pedaço de história e da beleza de alguns dos mais bonitos cartões-postais do Brasil.

Outro ponto positivo quanto ao investimento nas pedras portuguesas está ligado ao seu baixo custo de manutenção e limpeza. Tudo que você precisa fazer para preservá-la é evitar o contato da superfície das pedras com produtos químicos.

Agora que você conhece mais sobre esse tipo de material, o que acha de adotá-lo para a próxima obra ou reforma que realizar? Você conseguirá um ambiente belíssimo e sem precisar gastar muito dinheiro.

Orçamento de calçada de Pedra Portuguesa

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*