• Ligue agora: (31) 3776-5116| (31) 99741-1158
Pedra Portuguesa ou Calçada Portuguesa?

Muito se ouve falar sobre calçada portuguesa e por consequência sobre a pedra portuguesa também. Apesar de parecer a mesma coisa, elas possuem algumas diferenças, logo devemos entender a que se refere cada uma delas.

Para começar, vamos entender o que significa calçada portuguesa. Esse termo se refere a pavimentos que têm grande herança histórica, como podemos ver na maioria das praças e locais urbanos de Portugal. As calçadas portuguesas possuem grande tradição desde os meados do século XIX, tanto em Portugal como aqui no Brasil.

O que é Calçada Portuguesa?

A calçada portuguesa é uma forma de pavimentação de ruas e locais públicos, tradicionalmente utilizada pela arquitetura portuguesa. O design “zig-zag” é a principal referência desse tipo de pavimentação, pois foi o primeiro a ser utilizado pelos portugueses e amplamente reproduzido em toda área urbana.

A Praça de Rossio em Portugal foi uma das primeiras áreas a serem pavimentadas com a calçada portuguesa. O trabalho de pavimentação foi manual e, devido a extensão da obra, demorou cerca de 320 dias para ser finalizada.

Praça de Rossio - Lisboa, Portugal
Praça de Rossio – Lisboa, Portugal

O sucesso dessa empreitada foi tanto que impulsionou, em 1989, a criação de uma escola para que trabalhadores aprendessem a profissão de calceteiros. Função que servia justamente para a colocação das pedras portuguesas, tornando-se uma profissão reconhecida.

E a Pedra Portuguesa, o que é exatamente?

A Pedra Portuguesa possui uma superfície rústica, sendo bastante utilizada em ambientes externos, pois é muito resistente. Porém, isso não implica dizer que essa pedra não possa se utilizada em ambientes internos. Muito pelo contrário, essa é uma tendência que vem ganhando muita força na arquitetura e design de interiores.

Outra característica dessa pedra é que ela possui uma estrutura irregular e diversas cores, podendo ser ser utilizada tanto em paredes quanto nos próprios pisos para criar mosaicos muito interessantes. É possível encontrar pedra portuguesa nas cores: branco, preto, vermelho, marrom e até mesmo na cor amarela.

A criação do desenho da calçada portuguesa depende exclusivamente do cliente e da pessoa que irá aplicá-lo. São várias as formas e desenhos que podem ser feitos com esse tipo de pedra. Dessa maneira vale a pena dar uma analisada em locais que já possuem a pedra aplicada para ter uma ideia do que se quer fazer de fato.  

Qual a diferença entre a calçada portuguesa e a pedra portuguesa?

A diferença entre a calçada portuguesa e a pedra portuguesa é mínima. A calçada portuguesa nada mais é do que a junção das pedras, que formam algum tipo de desenho específico. Quanto à pedra portuguesa, pode-se afirmar que nada mais é do que a matéria-prima necessária para construir a calçada.

A calçada portuguesa elaborada dessa forma adquire o formato de um mosaico único. O jogo de contraste entre as cores permite a formação de verdadeiras obras primas em meio aos centros históricos, comerciais, praças e parques. Sobretudo daqueles países que foram colonizados pelos portugueses, como é o caso do Brasil.

As pedras mais utilizadas para elaborar esse tipo de pavimentação são aquelas de cores brancas e pretas ou até mesmo vermelhas e marrons. No Brasil, ainda é possível ver uma maior diversidade nas colorações, como a combinação de azul e verde.

Benefícios da aplicação da pedra portuguesa/calçada portuguesa

Calçada Portuguesa - Praia de Copacabana, RJ
Praia de Copacabana, RJ

A pedra portuguesa tem como um de seus principais benefícios a beleza, principalmente depois da criação dos mosaicos que foram a calçada portuguesa. Além disso, tem o fato de ser atérmico, ou seja, não pega umidade nem calor. É extremamente resistente e permeável.

Na hora de limpeza e manutenção da pedra, devemos ter alguns cuidados simples, como lavar com água e sabão neutro. Entre os cuidados com a pedra está o fato de que não pode ser utilizada nenhuma espécie de produto químico. Além de desgastar, essas produtos podem ter efeitos corrosivos e fazer com que as pedras fiquem deformadas ou arranhadas.  

A textura da calçada portuguesa é rústica como citado anteriormente, dessa maneira devemos tomar cuidado também ao verificar o local de aplicação. Não pode ser nada estreito, afinal as pedras precisam de espaço e podem acabar machucando as pessoas que ali passam. Portanto, uma dica de ouro é: respeite o espaço que as pedras precisam para serem aplicadas tranquilamente.

Como é feita a Calçada Portuguesa?

A calçada portuguesa ocorre pela junção e acúmulo de pedras ornamentais que têm pequenas dimensões e possuem um aspecto muito rústico. Essas pedras são calcetadas (colocadas lado a lado), de forma que ao serem colocadas criem desenhos e padrões decorativos que extremamente belos. A pedra portuguesa é a matéria-prima utilizada para fazer esses desenhos.

Apenas dois locais em Portugal são conhecidos por produzirem esse tipo de pedra para a criação da calçada portuguesa. No Brasil, mais precisamente em Minas Gerais, existem jazidas de extração em larga escala de pedra portuguesa. Nesse sentido, a Construbel Pedras se destaca, sendo considerada como uma das maiores fornecedoras de pedras ornamentais com jazida própria de todo o país.

Porque investir na Calçada Portuguesa?

A calçada portuguesa por ser um material bonito, de qualidade, relativamente em conta e de fácil aplicação é um grande achado. Dessa maneira, se você deseja um design diferenciado dentro de sua residência, área externa ou em grandes obras, esse é um excelente produto e servirá perfeitamente ao seu propósito.

Ficou com alguma dúvida? Deixe aqui o seu comentário. Somos especialistas em pedras decorativas e teremos o prazer em ajudá-lo. Aproveite também para conhecer outros tipos de pedras disponíveis na Construbel e leve ainda mais charme e requinte à sua obra.

Faça agora seu orçamento 728x90

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*