• Ligue agora: (31) 3776-5116| (31) 99741-1158

Está na difícil etapa de escolher quais serão os pisos e revestimentos da sua residência? Provavelmente você já chegou aqui com algo em mente, e se o piso de mosaico português está entre as suas opções de escolha de revestimento, você veio ao lugar certo. Aqui você poderá tirar suas dúvidas e conhecer todas as particularidades dessa técnica. Acompanhe a seguir.

Como acertar na escolha do piso

Escolher o piso certo para uma obra pode ser algo complexo. Até mesmo os designers de interiores e arquitetos avaliam essa tarefa como desafiadora. A variedade de revestimentos é gigantesca. Mas não são somente os custos e a estética do material que devem ser consideradas.

Em primeiro lugar, é imprescindível que se observe itens como:

  • O espaço a ser revestido e seu propósito;
  • A porosidade e a resistência que aquele piso irá oferecer;
  • O conforto térmico que o ambiente exige;
  • As peculiaridades da limpeza e manutenção do revestimento;
  • A capacidade de aderência do material e se ele é antiderrapante;
  • Os detalhes referentes à instalação das peças;

 

Foi pensando nestes e outros aspectos que preparamos um guia completo com os prós e contras da escolha pelo piso de mosaico português. Ele saiu das ruas, que foi onde ganhou mais fama, para adentrar os espaços internos de casas, apartamentos e imóveis comerciais.

O mosaico português e o seu charme secular

Modelo de Piso de Mosaico Português na CozinhaA origem da aplicação das pedras portuguesas nos pisos e calçadas vem de longa data. Foi em meados do século XIX, no entanto, que a técnica ganhou fama em Portugal. Na sequência, também chegou a mais países com influência lusitana.

No Brasil, o mosaico português foi imortalizado no calçadão da orla da praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Contudo, também protagoniza como a escolha favorita de revestimento para espaços públicos em outras cidades. Curitiba e São Paulo são exemplos clássicos disso.

Os pisos de mosaico português são tão presentes nas paisagens urbanas. Mesmo assim, muitas pessoas nem se dão por conta da arte que está sob os seus pés. O profissional que tem a habilidade de realizar combinações e desenhos com as pequenas pedras é capaz de executar padrões sem igual assim como nos mosaicos artesanais.

Além da beleza, a qualidade e a resistência proporcionada por essa metodologia também se torna um diferencial. Não foi por mero acaso que o piso de mosaico português ressurgiu na decoração indoor. Ele permite propostas cheias de personalidade e que se adaptam a diferentes estilos com um excelente custo-benefício.

Os prós e os contras do piso de mosaico português

O forte apelo estético não é o único ponto positivo de incluir o piso de mosaico português na sua decoração. Confira outros prós:

Prós:

  • Versatilidade: a combinação de cores e formas no piso de mosaico português permite sua adaptação tanto à propostas contemporâneas como rústicas ou retrôs;
  • Resistência: esse tipo de revestimento suporta o tráfego de pessoas e o peso da mobília com grande resistência à abrasão;
  • Segurança: não são apenas os ambientes externos que exigem cuidados com a incidência de água e capacidade antiderrapante, nesse sentido, a pedra portuguesa se destaca como uma ótima escolha;
  • Convívio com pets: o índice de atrito de pedras naturais não polidas é ótimo para o deslocamento de animais de estimação como cães e gatos, além de resistir à fricção das unhas dos bichinhos e não ser suscetível à propagação de pragas como pulgas;
  • Propagação do som: quem almeja liberdade dento de casa sem ter que receber reclamações de vizinhos, também precisa considerar um material que não faça barulho, que é o caso do piso de mosaico português;
  • Higienização: pisos de mosaico português não acumulam menos sujeira e são mais fáceis de limpar.

 

Entretanto, não podemos deixar de avaliar alguns pontos que são considerados negativos, dependendo do projeto em questão.

Contras:

  • Frescor: os pisos frios propiciam sensação de frescor pois tendem a diminuir a temperatura do ambiente, o que é ótimo nos dias quentes, mas pode desagradar quem vive em locais com invernos rigorosos e sem climatização;
  • Instalação: o piso de mosaico português demanda de mão de obra especializada para ser aplicado que precisa ser contabilizada junto ao custo do material;
  • Nobreza: pedras naturais são consideradas nobres e com um custo mais elevado que os sintéticos, pois conferem um ar mais requintado, elegante e valorizam o ambiente.

 

E então, o que achou da nossa análise sobre piso de mosaico português? Continue acompanhando os posts do nosso blog para mais dicas! 

Se tiver alguma dúvida, não hesite em nos constatar. Temos uma equipe de profissionais à disposição para ajudá-lo nessa tarefa complexa que é escolher os pisos da residência. Até a próxima!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*