• Ligue agora: (31) 3776-5116| (31) 99741-1158

O mosaico português se transformou em um verdadeiro “xodó” dos projetos arquitetônicos atuais. Ele é versátil, bonito, resistente e muito prático de manter. O que deixa muitas pessoas em dúvida é a maneira correta como deve ser feito o assentamento de pedra portuguesa. Mas fique tranquilo pois hoje teremos um artigo completamente dedicado a esse assunto.

A calçada nesse estilo é histórica, com origens que remontam às terras lusitanas. O profissional que dispõe da habilidade de assentar e montar o mosaico com as pedras portuguesas é muito valorizado em Portugal, recebendo o título de Mestre Calceteiro ou Mosaiquista. E seu destaque não se restringe ao continente europeu, pois é cada vez mais procurado por aqui também.

Em um primeiro momento, isso pode deixar algumas pessoas receosas quanto à dificuldade de realizar a instalação e assentamento de pedra portuguesa numa calçada ou de revestimentos verticais em pedra portuguesa. Porém, com as instruções corretas e um material de boa procedência, você perceberá que não tem mistério. Quer ver só?

Como é feito o cálculo do material que será utilizado e seu rendimento?

Dicas Assentamento de Pedra Portuguesa

Normalmente, a empresa que fornece o material ou os profissionais que fazem o assentamento de pedra portuguesa se encarregam de calcular a quantidade de materiais necessários para a sua obra. A base, logicamente, consiste nas medidas do espaço que será revestido.

Para se ter uma ideia, 1 metro cúbico de pedras portuguesas de boa procedência tem rendimento em torno de 15 metros quadrados de área. Já a mistura de cimento e areia seguem as proporções de 3 x 1. Em valores aproximados, 1 saco de cimento e 1 metro cúbico de areia rendem 3,5 e 10 metros quadrados de área revestida respectivamente.

Quais são as medidas ideais para o corte da pedra portuguesa?

Antes de mais nada, é fundamental elaborar um projeto de posicionamento das peças. Nele, serão selecionados os desenhos do mosaico e sua coloração. O assentamento de pedra portuguesa é caracterizado pela versatilidade, pois permite uma infinidade de padrões.

Dependendo do estilo pretendido, é preciso verificar com mais cuidado o tamanho das pedras para que haja dimensões uniformes. No geral, para o assentamento de pedra portuguesa utiliza-se a medida de 3 x 3 centímetros, com altura de 4 a 6 centímetros.

Qual é o passo a passo básico para o assentamento de pedra portuguesa em calçadas?

Assentamento de Pedra Portuguesa em Pisos

O primeiro passo no assentamento de pedra portuguesa consiste em nivelar e compactar o terreno, removendo quaisquer resquícios de raízes e tocos. Depois, é espalhada a argamassa seca, também chamada de massa seca ou farofa. Sua camada tem uma espessura que fica em torno de 8 a 10 centímetros.

Na sequência, o calceteiro irá dispor o assentamento das pedras conforme o projeto. Elas precisam ficar travadas, uma rente à outra, com um vão que seja o menor possível.

Depois disso, é espalhada a argamassa sobre o mosaico de pedras portuguesas, que deve conter uma parte de cimento para duas de areia. Todos os vãos entre as rochas são preenchidos pelo pó que posteriormente receberá água. Assim, a calçada está pronta para que seja realizado o apiloamento, limpeza e finalização de seu acabamento.

E nas paredes, como é feito o assentamento de pedra portuguesa?

Assentamento de Pedra Portuguesa em Paredes

Nas paredes, fachadas, muros e outras faces verticais, o procedimento de assentamento de pedra portuguesa é mais simples ainda, tendo em vista que a superfície já é lisa. Basta delimitar o espaço onde será realizado o painel e dar suporte para que as pedras sejam organizadas.

Para a base, utiliza-se argamassa pronta e com consistência firme. Assim, as pedras portuguesas são colocadas uma a uma sobre o material. Esse é um trabalho artesanal que permite tanto acabamentos rústicos como também padrões geométricos mais uniformes.

É necessário realizar a impermeabilização depois do assentamento de pedras?

Depende muito do projeto e das necessidades de cada cliente. De acordo com a qualidade e aparência natural da rocha, a impermeabilização acaba se tornando desnecessária depois do assentamento de pedra portuguesa.

Em calçadas externas, inclusive, a aspereza própria da pedra já garante que não aconteçam derrapagens ou escorregões. Por isso, é muito importante ponderar sobre qual tipo de produto pretende-se utilizar ou não sobre elas.

E então, o que achou desse tira-dúvidas que preparamos para você? Se ainda restou alguma questão que não tenha sido abordada, basta nos enviar uma mensagem no campo de comentários abaixo, ou se preferir, entre em contato com a Construbel Pedras. Somos especializados no assunto, com mais de 20 anos no mercado e com as melhores pedras portuguesas à sua disposição. Será um prazer atendê-lo!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*